CURSO “FUNDAMENTOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA” É LANÇADO, NO SERTÃO DA PARAÍBA.

O Comitê de Energia Renovável do Semiárido (CERSA) por meio do projeto Cuidando da Nossa Casa Comum, e em parceria com FÓRUM DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS, FRENTE OR UMA NOVA POLÍTICA ENERGÉTICA, CÁRITAS NACIONAL e Ação Diocesana de Patos lança, o curso “FUNDAMENTOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA”, em alguns municípios do Sertão Paraibano.

O objetivo é de iniciar a sistematização aos fundamentos políticos, sociais, econômicos, ambientais e técnicos e assim subsidiar as organizações da sociedade civil, no planejamento das ações.

A capacitação será voltada para os alunos e alunas dos municípios em que a prefeitura adotar a Gestão Energética Municipal, como incidência política.

Durante a reunião de lançamento, realizada no último dia 10, o professor do IFPB – Campus João Pessoa – e membro do CERSA, Walmeran Trindade, falou sobre os fundamentos da problemática energética e as suas principais implicações, a importância de conhecer as técnicas da eletricidade solar como exercício do trabalho, além de conhecer os fundamentos da gestão energética municipal e a economia solidária solar, como uma possível manifestação da economia.

César Nobrega, coordenador do CERSA, falou sobre o empenho de todos e todas que estão engajados/as na iniciativa e que o momento é de grande importância para a região semiárida.

A ação contou ainda com a presença do Professor de Relações Internacionais, Iure Paiva, da UFPB – campus João Pessoa – e do Engenheiro Eletricista, Anderson Torres, membros da equipe do CERSA.

A metodologia do curso será por estudo guiado, intermediado por um ambiente virtual de aprendizagem (AVA), onde o roteiro de vídeo-aulas e de leitura será disponibilizado, havendo interações assíncronas (“off-line”) e síncronas (“on-line”), com os tutores e cursistas, em cada etapa da jornada de capacitação. A proposta metodológica buscará promover a melhor acessibilidade aos recursos didáticos disponibilizados para os estudos (vídeos e textos), o maior suporte possível para o desenvolvimento da compreensão dos pontos abordados (atendimento à dúvidas), bem como promover o máximo de colaboração e interação entre os participantes da capacitação (aprendizagem colaborativa).

A capacitação será operacionalizada em tópicos semanais, um para cada objetivo específico, sendo iniciada com um encontro on-line de apresentações e finalizada com outro encontro on-line para encaminhamento de ações.

Palloma Pires – Jornalista – CERSA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.