Em Sousa, ECIT Celebra Instalação de medidor do sistema fotovoltaico

A Escola Cidadã Integral Chiquinho Cartaxo comemorou a instalação do medidor fotovoltaico, em Sousa-PB. O equipamento foi uma doação da empresa ATIVE ENERGIA SOLAR/Sousa, com a parceria social do Comitê de Energia Renovável (CERSA), por meio do projeto “Cuidando da Nossa Casa Comum”  

De acordo com a professora, Kelly de Sousa, o impacto é bastante positivo. A instalação do sistema solar traz à Instituição de ensino é de grande importância, já que a escola possui o curso em Sistema de Energia Renovável.  

“Com esse sistema instalado, será possível realizar atividades práticas dentro da nossa instituição, mostrando aos alunos um sistema de energia solar fotovoltaico conectado à rede em pleno funcionamento, ou seja, em tempo real”, disse.  

Ainda de acordo com a professora as aulas práticas serão interessantes para aperfeiçoamento do ensino acadêmico dos nossos alunos, seja ele teórico ou prático. 

“É importante ressaltarmos que a prática da conscientização e utilização das formas alternativas de energia são essências para a melhoria do meio ambiente, contribuindo assim para a diminuição dos gases do efeito estufa e, consequentemente, o aquecimento global e evitando o desmatamento ambiental , além da destruição de habitat de espécimes de animais, pois, esses impactos ambientais quase não existes, se comparados com a construção de uma usina hidrelétrica”, concluiu. 

O professor, Anderson Tôrres, falou como a escola vem trabalhando o assunto das energias renováveis no ensino médio. 

“As matrizes dos cursos técnicos da nossa escola possuem disciplinas que vão trabalhar a formação geral, como as disciplinas tradicionais do ensino médio (Química, Biologia, História, e etc ). A parte diversificada, onde se trabalha os conceitos de cidadania e sonho dos nossos alunos (Projeto de Vida) e a formação básica para o trabalho, onde o estudante aprende todo o arcabouço técnico profissional (Introdução à Energia Renovável, Energia solar Fotovoltaica, Empresa Pedagógica, e outros) para o desenvolvimento das competências e habilidades necessária para excelência na formação do profissional que o setor produtivo necessita. Com isso, a escola como todo trabalha no desenvolvimento de conceitos de energias renováveis, seja na questão de conscientização, quando um professor usa essa temática em sala de aula, ou nas questões mais técnicas, voltadas para as disciplinas especificas do curso. 

O projeto é abraçado pelo Comitê de Energia Renovável do Semiárido (CERSA), Fórum de Mudanças Climáticas e Justiça Socioambiental, Cáritas Brasileira, Frente Por Uma Nova Política Energética Pra o Brasil, com o apoio da Misereor e da Ação Social Diocesana de Patos. 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.