Gestão Municipal De Energia É Tema Do Primeiro Dia Do III Fórum Do Semiárido De Energia Solar, Em Patos

18491460_1049068755225456_3171011148380189232_o

O primeiro dia do III Fórum do Semiárido de Energia Solar e da III Conferência Regional de Sustentabilidade Ambiental, começou nesta Terça-Feira (16), no Auditório Master do SEBRAE – Patos.   O Fórum visa traçar diretrizes pautadas no histórico de ações decorrentes da Carta de Pombal.  Este documento apresenta a agenda de prioridades construídas para contribuir com processos de planejamento e tomadas de decisão em relação à geração e ao uso de energia solar.

Antes da abertura do evento, o coordenador técnico do CERSA e membro da diretoria da Frente Por Uma Nova Política Energética, Walmeram Tríndade, suscitou um debate com representantes de prefeituras e câmara municipais, sobre a implantação dos Planos Municipais de Gestão Energética.  A ideia é ter um momento de discussão que resultem, de forma concreta, em um uso mais eficiente da energia elétrica nos centros de consumo dos municípios.

“Estamos participando para ficarmos bem informados de quais são os procedimentos para que possamos nos inserir nesse novo  modelo de energia. E para fortalecer a parceria com o CERSA que está voluntariamente trabalhando para mudar a nossa matriz de energética”, afirmou a gerente de planejamento estratégico da Prefeitura de Patos, Maria do Carmo.

Ainda antes do começo do Fórum, ficou encaminhado que as cidades de Cajazeirinhas, Patos, São Bento e Santa Luzia irão promover encontros com gestores públicos de suas respectivas regiões, para motivar a elaboração dos Planos de Gestão Energética Municipal.

À noite, aconteceu a solenidade de abertura com a formação da mesa das  autoridades públicas, especialistas na área de energia e parceiros do CERSA. Estiveram presentes para compor a mesa: o prefeito de Patos Dinaldinho Wanderley, o representante regional do Sebrae Patos Michele Morgan, o professor da Universidade Federal do Pernambuco(UFPE), Heitor Scalabrini, o professor da Universidade Federal de Campina Grande(UFCG- Campus Patos), Carlos Lima, o vereador de São Bento, Artur Araújo, o técnico-agricola do PASPP, Humberto Aíres, o representante regional do SEBRAE-Pombal, Thalles vasconcelos e o diretor do Instituto Federal da Paraíba(Campus Patos) Hélio Rodrigues.

Prefeito de Patos, Dinaldinho Wanderley
Prefeito de Patos, Dinaldinho Wanderley

Para o prefeito de Patos, Dinaldinho Wanderley, o caminho natural para um controle ambiental com relação aos poluentes e também para uma maior economia de energia no município passa pela fomentação das energias renováveis..

“Eu creio que a gente vai ter que começar a trabalhar para que a gente possa ter energias limpas e principalmente voltadas para o bem-estar da população e do meio ambiente,” disse.

Coordenador-técnico do CERSA Walmeran Tríndade
Coordenador-técnico do CERSA Walmeran Tríndade

Em seguida, o coordenador-técnico do CERSA, Walmeran Trindade, ministrou a palestra “O Potencial Solar e a Gestão Municipal de Energia Renovável”. O objetivo da palestra foi demonstrar como aproveitar potencial solar disponível na região do semiárido. A proposta é que isso aconteça através de políticas públicas elaboradas conjuntamente entre a gestão municipal e a sociedade.

“É preciso que a gestão municipal desperte para a possibilidade de fazer a gestão energética no âmbito do município através de politicas públicas que não só beneficiem a redução de custos para a prefeitura mas que também beneficiem o menor impacto ambiental da municipalidade”, disse.

O III Fórum do Semiárido de Energia Solar é uma realização do CERSA da em parceria com a Frente Por Uma Nova Política Energética, Rede ODS Brasil, Universidade Federal de Campina Grande, Sebrae, Programa de Ação Social de Política Pública(PASPP), Prefeitura Municipal de Patos, e Emater Regional de Patos. O evento conta com o apoio do Fórum de Mudanças Climáticas e Justiça Social; IFPB- Campus Patos; MISEREOR; Cáritas Brasileiras; PROPAC; Projeto Semiárido Solar; Germinar; Sistema de Indicadores de Sustentabilidade Ubana, Rural e Ambiental e Projeto EcoConsciente.

 

ENIO MARX – ASSESSOR DE COMUNICAÇÃO DO CERSA

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *