II Fórum do Semiárido de Energia Solar Chega ao Último Dia Com Apresentação de Experiências Exitosas

Lucineide Maria é uma das participantes do projeto piloto em Juazeiro-BA onde se gera energia a partir do sol
Lucineide Maria é uma das participantes do projeto piloto em Juazeiro-BA onde se gera energia a partir do sol

 

Aconteceu ontem,  dia 20 de Abril, no Centro de Ciência e Tecnologia Agroalimentar da UFCG campus-Pombal,  o terceiro e último dia do II Fórum do Semiárido de Energia Solar.

Como nos outros dias a programação também começou com uma apresentação  cultural.  O primeiro concerto musical ficou por conta da Banda Marcial da Escola Estadual Arruda Câmara. Logo após i o músico Luizinho Barbosa emocionou o público presente ao lado do seu filho Ellon cantando a música “Pedagogia da Seca”. A canção é de autoria do compositor Roberto Malavezzi e é considerada um hino para os ativistas do Comitê de Energias Renováveis do Semiárido(CERSA).

Em seguida ocorreu a exposição de experiências exitosas no uso da energia  fotovoltaica. O grande destaque ficou com os moradores  dos conjuntos residenciais Morada do Salitre e Praia do Rodeadouro da cidade de Juazeiro-BA.  Cerca de mil famílias foram beneficiadas com sistemas de microgeração de energia solar financiado pelo Fundo Socioambiental Caixa. Os Moradores  receberam treinamento especializado por meio da ação realizada pelo projeto. O objetivo do treinamento foi capacitar os moradores como profissionais de instalação e manutenção de painéis solares.

Lucineide Maria foi uma das contempladas com as ações do projeto. Da receita total obtida com a venda da energia, ela fica com 60%; 30% vão para um fundo destinado a investimentos nas áreas de uso comum e 10% custeiam as despesas com a manutenção dos condomínios. “Estou muito satisfeita, pois estou trabalhando como microempreendedora individual e além de renda tenho qualidade de vida” afirmou Lucineide.

A organização do evento também abriu espaço para a última atividade que foi a participação de pessoas que quisessem firmar compromisso com o Fórum de forma individual ou institucional. Cada participante teve o tempo de 10 minutos para se pronunciar.

O coordenador-geral do CERSA, Cesar Nóbrega, avaliou que o II  Coordenador Geral do CERSA avaliou o eventoFórum do Semiárido de Energia Solar contribuiu para a inserção da temática das energias renováveis  na sociedade, pensando na qualidade de vida da população do Semiárido.  “E mais uma vez estamos agregando parceiros para juntos promovermos a difusão das tecnologias fotovoltaicas, pensando principalmente nas famílias mais carentes,” disse Nóbrega.

O II Fórum do Semiárido de Energia Solar é promovido pelo CERSA em parceria com a Prefeitura de Pombal, Universidade Federal de Campina Grande, Sebrae  e Programa de Ação Social e Políticas Públicas (PASPP). Conta com o apoio do Fórum de Mudanças climáticas e Justiça Social, MISEREOR, Cáritas Brasileiras, Instituto Federal da Paraíba, Projeto Semiárido Solar, Fundo Sócioambiental Casa, Associação Civil Germinar, Sistemas de Indicadores de Sustentabilidade Urbana Rural e Ambiental (SURA), Centro de Educação Integral Margarida Pereira da Silva(CEMAR), Instituto Frei Beda de Desenvolvimento Social (IFBDS), Projeto ECOconsciente, Centro Cultural Banco do Nordeste e a Rede ODS Brasil.

 

Enio Marx – Assessor de Comunicação do CERSA

 

 

 

 

Um comentário em “II Fórum do Semiárido de Energia Solar Chega ao Último Dia Com Apresentação de Experiências Exitosas

  • 22/04/2016 em 01:11
    Permalink

    Projetos assim devem ser divulgado em massa pra poder fazer que em curto tempo a energia solar fotovolatica ae promissora. Como posso trazer essse projeto para minha cidade ? Como posso dar esse primeiro passo. Extremoz RN.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *