Equipe do CERSA Participa de I Encontro Nacional da Rede ODS Brasil

ddf3efe9-e376-493e-b3e1-a3889811e494Integrantes do Comitê de Energias Renováveis do Semiárido (CERSA) participaram do I Encontro Nacional da Rede ODS Brasil, realizado em Fortaleza nos dias 6 e 7 de Outubro. A equipe era formada pelo secretário, Marcello Fabrízio, e pelos professores da UFCG-Campus Pomabl, Gustavo Sales e Ricélia Sales. Estiveram presentes na solenidade, representantes de entidades e universidades de diferentes estados brasileiros que integram a Rede.

A Rede ODS Brasil é uma articulação de diversos atores sociais que tem como objetivo a implementação da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU). Também é parceira do CERSA em diversos projetos incluindo a promoção do Fórum do Semiárido de Energia Solar, que acontece anualmente.

“O Encontro tem como objetivos o fortalecimento e a ampliação de parcerias entre os membros da Rede ODS Brasil, para que estes possam desenvolver ações colaborativas em seus estados, contribuindo com a democratização e a implantação da Agenda 2030.”

Patrícia Menezes (Representante da Prefeitura de Barcarena-PA), Comissão nacional de articulação da Rede ODS Brasil,.

Na tarde do dia 7 de outubro, o docente Gustavo Sales apresentou as ações do CERSA no painel “Energia Renovável no Semiárido”. Ele demonstrou como vem sendo executado os projetos de intervenção que pensam na Energia Renovável de modo descentralizado no Semiárido Brasileiro.

Professor Gustavo Sales (UFCG) apresentando o painel "Energia Renovável no Semoárido"
Professor Gustavo Sales (UFCG) apresentando o painel “Energia Renovável no Semiárido”

“Na discussão da política energética brasileira, nosso país possui a energia mais limpa do mundo e uma das mais sustentáveis do mundo que é a energia hídrica. Mas, podemos perceber que está concentrada nas mãos de poucas pessoas assim como a energia solar”, disse.

Gustavo ainda destacou que as atividades do CERSA se encaixam principalmente em dois Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: o  7 – Energia Limpa e Sustentável (Assegurar a todos o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia) e o 13 – Combate as alterações Climáticas (Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e os seus impactos ).

O CERSA e as demais instituições que compõem a Rede debateram sobre problematizações sociais e desenvolvimento de projetos institucionais a fim de levar uma maior qualidade de vida para a sociedade.

 

Enio Marx – Assessor de Comunicação do CERSA

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *