Escola Solar divulga resultado do edital

E.M Papa Paulo VI obteve a melhor pontuação e ganhará placas fotovoltaicas

Na tarde desta quinta-feira (21/03) foi anunciado o projeto vencedor do edital Escola Solar, que doará um sistema fotovoltaico para a melhor iniciativa que aborde ações entre os temas Mudanças Climáticas, Energia e Água. A reunião aconteceu na Secretaria de Educação de Sousa, com a presença do Prefeito Fábio Tyrone, Gilmara Formiga – Secretária de Educação, representantes do CERSA e Núcleo Clima – IFPB.

A Escola Municipal Papa Paulo IV foi a contemplada com o Projeto “Esgotamento de Recursos Hídricos e o Uso de Energia Solar como alternativa sustentável no ambiente escolar”. Também concorreram ao edital as escolas José Reis, Rômulo Pires e Maria Estrela, educandários da rede pública do município de Sousa.

Todos os projetos foram submetidos a uma banca com três avaliadores de áreas afins. Segundo a professora Lúcia Mara do Núcleo Clima do IFPB, além das propostas em si, um dos critérios de avaliação foi o uso racional da energia, bem como a intenção de resultados junto à comunidade.

Em nome do CERSA, Frente Por Uma Nova Política Para O Brasil e Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Social, César Nóbrega falou sobre as ações do Comitê, chamou atenções dos efeitos das mudanças climáticas e seus impactos no seu semiárido e do cuidado para com a Casa Comum.

A Ative Energy, empresa doadora das placas fotovoltaicas, representada pela Professora Aldineide Alves, que também é coordenadora da Ative Energy Social comentou sobre a qualidade de todos os projetos proponentes e da importância de realizar ações como essa, dentro da comunidade escolar.

Para Socorro Rodrigues, diretora da escola vencedora, a execução do projeto servirá de incentivo para outras iniciativas.  “Acredito que com a energia solar, o consumo irá diminuir, consequentemente iremos reduzir os gastos, e auxiliará também como ferramenta pedagógica para nossos alunos. Espero que outras escolas nos visitem e isso vire uma fonte de estudo para todos” – disse.

As representantes assinaram termo de compromisso para o cumprimento do projeto e no decorrer do ano as placas cedidas pela Ative Energy em parceria com o CERSA e Núcleo Clima (IFPB) serão instaladas.  Para saber mais detalhes, confira nossa galeria.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *