SERTÃO GANHARÁ COOPERATIVA DE ENERGIA SOLAR JUSTA E POPULAR.

A Cooperativa de Compartilhamento de Energia Solar “Bem Viver”, do Projeto Cuidando da Nossa Casa Comum, faz sua inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) na última terça feira, dia 05 de julho de 2021. Legalmente constituída, o intuito agora é de aumentar, de forma considerável, a quantidade de consumo por meio da mini usina que será instalada na Área Experimental do Centro de Educação Popular e Formação Social (CEPFS), em Matureia/ PB.

O Projeto Cuidando da Nossa Casa Comum faz parte do Comitê de Energia Renovável (CERSA) onde realizada ações em parceria com o Fórum de Mudanças Climáticas e Justiça Socioambiental (FMCJS), Frente Por Uma Nova Política Energética, Cáritas Brasileira, Ação Social Diocesana de Patos (ASDP) e recebe o apoio da Misereor.

Sobre processo de construção coletiva da Cooperativa, o diretor da cooperativa, Romero Antônio, fala sobre as novas oportunidades.

“Finalmente atingimos a maioridade! Com ela novas portas se abrem e também diferentes desafios.
Ressaltamos o espírito de coletividade dos cooperados no trabalho de aquisição do CNPJ, bem como a dedicação do Escritório de Contabilidade de Sônia Maria. Estamos cada vez mais próximos de compartilhar nossa energia com agricultores familiares do Sertão e mais outras 26 famílias distribuídas no Estado da Paraíba”, falou.

Sobre o compartilhamento e os cuidados com o Meio Ambiente”.

“Vamos firmar a possibilidade de produção e compartilhamento num formato distribuído mais próximo das reais condições do povo e menos danoso ao ambiente, diferentemente dos grandes parques e usinas. Sigamos, é o nosso trabalho, é a nossa luta”, disse.
De acordo com José de Anchieta, membro da cooperativa, os próximos passos são as aquisições os equipamentos para implantação das placas.
“Após as instalações a cooperativa passará a produzir e injetar energia no sistema de distribuição das comunidades cadastradas. A cooperativa tem o objetivo de facilitar de consumidores de energia da Zona Rural à geração da própria energia, assim daremos início a cooperativa “Bem Viver “, disse.

CRISE SOCIOAMBIENTAL

Diante de uma crise econômica enfrentada pela País, entidades buscam alternativas para que os consumidores possam economizar de
maneira que não agrida tanto o meio ambiente.

COOPERATIVA DE ENERGIA FOTOVOLTAICA

A cooperativa de geração e distribuição de energia solar é uma modalidade que reúne vários agricultores e agricultoras se unem a fim de compartilhar entre as partes, além do excedente que pode ser passado em forma de crédito para reduzir os gastos com a conta de luz dos consorciados em outras unidades distantes da unidade geradora.

A popularização dessa fonte de energia por parte do sol, recursos naturais do planeta é uma tendência e o projeto “Cuidando da Nossa Casa Comum” acredita que as cooperativas para geração de energia renovável contribuem para que a crise seja reduzida e assim distribuída de maneira justa e popular.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.